sexta-feira, 17 de junho de 2016

Capítulo 4 | O Passado e as Habilidades dos Tomates












Capítulo 4  | O Passado e as Habilidades dos Tomates

 Calabouço da Quimera #004

Leão: Certo, os seus personagens precisam ter um passado! Quem eles são e oque viveram até chegar aqui?  sexta no globo repórter

Bode: Meu gnomo se chama Ku, ele morava na floresta com a família, desde cedo ele treinou para ser um caçador por ter boa mira com arco e bestas, aprendeu a rastrear os animais e outras criaturas, evitando o perigo muitas vezes. Um dia ele saiu para fazer uma ronda na região para ter certeza de que não havia nada para se preocupar, mas achou um acampamento desfeito após seguir algumas pegadas se deparou com criaturas bípedes que lembravam hienas e se escondeu para evitar confrontá-los, conseguiu voltar para a sua pequena comunidade e avisar sobre o perigo próximo. Sua família o seguiu para se esconder, mas os outros que ali viviam não acreditaram no que ele dizia e ficaram naquela região, acabaram morrendo todos de forma violenta e tudo o que havia ali foi destruído. Agora ele se separa de sua família para vingar a morte daqueles que duvidaram dele.

Leão: Seu nome sera Ku ?

Bode: Nesse pergaminho fala que Ku é um nome comum para os gnomos, as regras são claras, eu posso usar.

Dragão: Bom, meu personagem se chama Kriv, ele nasceu nas regiões montanhosas do norte, aonde foi criado por sua mãe, uma grande sacerdotisa de Tiamat, então desde de muito jovem foi lhe ensinado sobre os deuses dragões e seus cultos. Ao ganhar uma certa idade ele entrou para o culto dos dragões, como era do desejo de sua mãe, e aprendeu as artes da luta com os outros draconatos.
Em uma de suas missões em que ele deveria escoltar um mago junto com a carga aconteceu algo, Kriv perdeu o controle do cavalo e acabou quebrando a valiosíssima carga, e assim ele foi banido do culto pela própria mãe. E agora ele vaga buscando algo para se redimir com o culto, e ganhar seu posto de volta.

Leão: Certo Ku, o gnomo ranger, no pergaminho seu background se encaixa com o de Outlander, que seria um forasteiro, alguém mais tribal. Kriv, o draconato paladino, você se encaixa como Acólito. Além desses dois temos outros backgrounds como Animador, Charlatão, Criminoso, Herói do Povo, Artesão, Eremita, Nobre, Sábio, Soldado, Marinheiro, Órfão e alguns outros, mas esses são os que mais se encaixam com o seus personagens.

















Dragão: Ok então, e eu ganho alguma coisa com isso ?

Leão: Seu passado define o que seu personagem vivenciou, as experiências e aprendizados que ele teve durante a vida, como por exemplo: um outlander é muito mais capaz de sobreviver ao selvagem do que um acólito, mas em contrapartida o acólito teve acesso a uma educação mais focada na religião e por isso conhece melhor símbolos sagrados e até mesmo presenças divinas e demoníacas"

Dragão: Então meu personagem tem mais conhecimento sobre religião do que o do Bode ?

Leão: Sim, e isso é demonstrado com um bônus em suas habilidades, existem dezessete habilidades e cada uma delas são derivadas de seus atributos. Explicando isso com tomates, na força temos o Atletismo que seria usado pra você correr de tomates assassinos ou escalar tomates gigantes. Na destreza nós temos Acrobacia, para você fazer malabarismo com tomates enquanto da um mortal. Truque de Mão serve para que você possa roubar o tomate sem ser notado. Furtividade é pra você se esconder com seu tomate roubado. Na areá da inteligência, nós temos Arcana, para você saber se o tomate é magico.
História, para você conhecer o passado do tomate. Investigação, para você investigar o paradeiro do tomate roubado. Natureza, para você saber se o tomate tem agrotóxicos. Religião, pra você saber o deus e fé do tomate. Na sabedoria nos temos Intuição, para você saber se o tomate esta maduro. Medicina, para você tratar do tomate ferido. Percepção, para você perceber os tomates escondidos no mato. Sobrevivência, para você encontrar tomates no deserto. Na carisma nós temos Enganação, para que você engane alguém dizendo que seu tomate é um caqui. Intimidação, você ameaça jogar o tomate se a pessoa não acreditar que é um caqui. Atuação, você recita Shakespeare "caqui ou não caqui? Eis o tomate". Persuasão, você compra seu tomate a um menor preço na feira porque disse que na outra barraca esta mais barato.



Bode: Agora eu já sei minha classe, minha raça e construí um passado pro meu personagem. Será que já posso comer esse pergaminho enquanto jogamos?

Leão: Não, cabeça de vento, os pergaminhos são importantes, vá mascar uma bota! Estamos na reta final da criação, agora vocês precisam definir o alinhamento de seus personagens, para assim se portarem durante o jogo

Dragão: Alinhamento, como assim ?

Leão: Alinhamento é o guia moral do personagem, explicando de maneira clara para suas mentes atrasadas, aqueles que são Leais irão resgatar os tomates roubados, os Neutros vão agir segundo seus interesses, caso estejam ou não querendo tomates, os Caóticos vão resgatar os tomates e matar quem estiver no caminho, mesmo que não seja culpado. Bons tem a necessidade de salvar os tomates sem ferir inocentes no processo, Neutros vão resgatar os tomates e levá-los de volta em uma carroça roubada, Maus irão matar todos no seu caminho e até alguns tomates mais irritantes.

Bode: Ah entendi, já que eu quero fazer o bem enquanto busco vingança irei ser Caótico - Bom.

Dragão: Já que é assim, eu serei Leal - Mau.

Leão: Ótimo! Finalmente temos tudo para poder começar a jogar! Se preparem pois já tenho uma aventura em mente!



Colunistas do Calabouço da Quimera...


Leão: Henrique Brito, 21 anos, dos calabouços de mogi a terra do caqui, multclass em nerdisse e tenho desvantagem nos testes para arrumar emprego.















Bode: Mateus Grangeiro, 21 anos, paulistano, bardo com 20 de carisma, conhecido por ser mais tóxico do que o tietê.









Dragão: Caio Augusto, 19 anos, é das longínquas terras do Grajau, um nerd e viciado em games, é também conhecido por ser o mestre dos powerplayers.















Nenhum comentário:

Postar um comentário